Quadra chuvosa: cuidados especiais devem ser tomados nos condomínios

You are here:--Quadra chuvosa: cuidados especiais devem ser tomados nos condomínios

Quadra chuvosa: cuidados especiais devem ser tomados nos condomínios

Reta final de verão e as pancadas de chuva começam a ficar mais recorrentes. A partir delas, alguns problemas estruturais nas edificações passam a ser identificados com maior facilidade, como é o caso de goteiras e infiltrações.

Para encarar a quadra chuvosa (período chuvoso entre fevereiro e maio) com segurança é preciso que o condomínio esteja preparado. Deve-se estabelecer um plano de manutenções preventivas ao longo de todo o ano. Dessa forma, quando as chuvas se intensificarem, não haverá nenhuma surpresa desagradável que resulte em correria, obras imprevistas e gastos extras.

Na manutenção permanente, alguns itens são fundamentais como:

  • Limpeza de calhas, grelhas e ralos;
  • Checagem das telhas, coberturas, toldos e tampas de caixa d’água;
  • Verificação do gerador, óleos, filtro e combustível;
  • Funcionamento das luzes de emergência;
  • Revisão do quadro elétrico;
  • Limpeza do poço do elevador.

O sistema de para-raios deve passar, obrigatoriamente, por uma vistoria anual com uma empresa especializada. E o síndico também deve buscar um seguro com cobertura ampla e se certificar de que está cumprindo todas as obrigatoriedades, sendo a principal delas o Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB).

Também é relevante checar se todos os itens que podem se soltar e voar do condomínio estejam devidamente afixados. Isso porque, além das chuvas, esta época do ano costuma registrar muitos vendavais. Quanto às árvores, caso haja qualquer suspeita de risco de queda, deve-se acionar a prefeitura e solicitar a poda preventiva.

Por fim, a comunicação entre síndico, funcionários e moradores é fundamental, tanto na questão de segurança, quanto simples lembretes, são importantes.

* Ricardo Karpat, administrador de empresas especializado em recursos humanos com experiência profissional de 18 anos no segmento de condomínios.

Fonte: SíndicoNet

By |2019-02-15T14:36:51+00:00fevereiro 13th, 2019|Categories: Condominios|0 Comentários

Sobre o Autor:

Deixar Um Comentário