Uso da academia: mantenha a organização e respeite os horários

You are here:--Uso da academia: mantenha a organização e respeite os horários

Uso da academia: mantenha a organização e respeite os horários

Ter uma academia no próprio condomínio é vantajoso e muito prático para os moradores. No entanto, é essencial que algumas regas sejam estabelecidas, a fim de manter a harmonia e o respeito entre todos os usuários. Respeitar o horário de funcionamento do espaço, manter a limpeza e a organização dos equipamentos e manter o volume de som, caso haja, sem incomodar os outros condôminos são dicas simples para você aproveitar o momento de atividade física e saúde com tranquilidade.

Uso da academia do condomínio

Boa parte dos novos empreendimentos já oferecem academias. Se o seu condomínio ainda não tem, você pode implantar uma. Para isso, entretanto, são necessários alguns cuidados, principalmente, na compra dos equipamentos e na escolha do espaço onde funcionará a academia.

Se pensar que esse espaço pode atrair moradores e valorizar o condomínio, já que se trata de um diferencial, vale a pena avaliar a questão.

A academia no condomínio, quando bem equipada, é um incentivo para quem quer praticar algum esporte, mas tem preguiça de ir até uma academia convencional, e um conforto para que tem pouco tempo para malhar. Isso também vale para aqueles condomínios que já possuem sala de ginástica, mas o local está degradado e é pouco utilizado.

Uma consultoria com empresas que desenham projetos pode dar vida nova à academia e estimular os moradores à prática de exercícios.

Muitas vezes, soluções simples como pintura, colocação de espelhos e compra de alguns acessórios são suficientes para ter um ambiente renovado e propício para a prática saudável da atividade física. O SindicoNet conversou com alguns profissionais e separou dicas que vão ajudar na hora de montar e manter uma academia.

Um ponto bastante importante e nem sempre lembrado é a presença de um professor, que torna a prática esportiva mais saudável – o custo desse profissional não é alto e pode ser partilhado entre os moradores que forem utilizar o serviço.

Se você tem academia em seu condomínio e ainda não tem regulamento, pode aproveitar as dicas para elaborar um.

“O síndico deve ter um regulamento interno e os condôminos devem assinar um termo de responsabilidade para usufruir a academia”, orienta Robson Cassiano Mendes, sócio-diretor da Coopfit, empresa que elabora projetos e fornece professores para esse tipo de academia.

Aprove um regulamento sobre o uso da academia. Ele deve conter, entre outros pontos, dias e horários para freqüência e uma cláusula dando ao usuário a responsabilidade de repor qualquer peça no caso de quebra.

Elabore um termo de responsabilidade, a ser assinado pelo condômino, onde ele atesta estar praticando a atividade física espontaneamente e que se responsabiliza por eventuais danos à saúde;
Tenha controle do acesso, pode ser com um livro de presença, que deverá ser preenchido pelo usuário toda vez que freqüentar a sala;
Restrinja o acesso à academia somente aos moradores do condomínio;
Crianças podem utilizar a academia, a partir dos oito anos, desde que com acompanhamento de um profissional. O mercado já dispõe de equipamentos com ergonomia voltada para crianças. Elas trabalham a atividade física sem uso de cargas excessivas de peso.

Manutenção dos aparelhos de ginástica da academia

Para garantir mais durabilidade aos equipamentos e bem-estar aos usuários da academia, é fundamental o trabalho de manutenção, que inclui a limpeza adequada dos aparelhos.

Quando os aparelhos são novos, o síndico não precisa se preocupar muito com a manutenção durante o período da garantia, os fabricantes dão uma orientação básica somente para a limpeza.

Um contrato de manutenção preventiva após o término da garantia é uma forma de evitar problemas e ter os equipamentos sempre bem cuidados. Fique atento aos parafusos e presença de ferrugem.

Fonte: SíndicoNet 

By |2019-05-20T17:48:29+00:00maio 10th, 2019|Categories: Condominios|0 Comentários

Sobre o Autor:

Deixar Um Comentário